IRMÃO VICTOR: PASSOS SIMPLES PARA TRANSFORMAR GELATINA EM UM MONSTRO

por N8 Prods postado

Foi um dos discos mais legais que escutei recentemente, por isso, copiei e colei o texto de um site. De cara, como muitos dos discos que conheci, a capa me chamou a atenção, depois o nome dele e das músicas. Nesse ponto, pensei que seria mais uma daquelas fritações sem sentido e chatas, cheias de pretensão e zero conceito. Fora que pesquisando sobre o disco, só se acham referências a um Vitor de uma dupla sertaneja, então lendo esse, um dos poucos texto sobre esse trabalho, tudo fez ainda mais sentido em meu coração e mente. Experimente e acredite, você vai gostar.

Irmão Victor é uma banda de um homem só, mas precisamente de Marco Benvegnú. O músico de Passo Fundo, no Rio Grande do Sul, lançou o seu segundo álbum, Passos Simples Para Transformar Gelatina em um Monstro. Composto e gravado pelo próprio artista, o trabalho segue o caminho do rock experimental.

“No meio do oceano de dissonâncias existenciais/desistenciais de nosso triste tempo, escuto por recomendação de André Gurgel (Protofonia) um disco que me deixou boquiaberto com a combinação perfeita de referências alheias e distantes que lembram o dito de Leon Tolstoi : “Cante tua aldeia e serás universal“. O projeto pessoal de Marco, um músico de Passo Fundo – Rio Grande do Sul, que gravou sozinho essa surreal colagem sonora com homenagens subliminares aos espaços e pessoas de sua cidade. A inspiração do nome da one man band é de um irmão marista da escola onde Marco estudou, e sua fixação com o personagem Diógenes Luis Basegio, médico proeminente de Passo Fundo, membro afastado da Academia Passo Fundense de Letras, figura icônica que caiu na práxis comum do brasileiro alçado ao poder, sendo acusado de desmandos como deputado estadual, tendo renunciado ao mandato (Ele iria cantar Rap em uma faixa : D.U.R.O ), me chocando com a percepção pessoal de uma obra tupiniquim aos moldes de A Wizard, a true star de Todd Rundgren, álbum desconhecido no Brasil, lançado em 1973 e que fez a cabeça de gente como Steve Harris do Iron Maiden. A sequência psicodélica-psico sólida de harmonizações jazzísticas e erupções oníricas do tipo: “O gorro do Papai Noel não entra na cabeça de quem já aprendeu a fórmula de Báskara, e já saiu na noite, e já deitou na cama com alguém, crescer é uma merda, tudo se paga, vamos dar uma volta ! “. Não consigo dissociar a magia de quem não se esforçou em parecer démodé, blasé ou qualquer termo cafona-dândi pra um disco virtual que se fosse lançado em formato LP/CD, estaria guardado na minha estante ao lado de discos d’Os Mutantes a Lóki?, de Arrigo Barnabé a Itamar Assumpção, com a diferença de ser algo de nossos tempos, imaculadamente fresco, mesmo com a fórmula cheirando a naftalina sem laivos de patchouli.

Existem diversos trechos das letras que me percorrem a sinapse cerebral todos os dias desde que ouvi o álbum, mas me prolongar em divagações sobre Onde andará o Pedro Alcides? Ou a dúvida se enforcar neném é uma metáfora sobre masturbação é uma missão pessoal e intransferível que deixo pro leitor…”,
escreveu Tiago Rabelo, baterista na Roriz para o site: dopropriobolso.com.br



Dê o play, macaco!
Download | BandCamp | Facebook


Órbitas ao redor da estátua de Vítor Mateus Teixeira 01:08
O Tendel 03:24
O Famoso Ritual do Feto Suspenso 04:11
Vamos dar uma volta 03:36
D.U.R.O. 02:44
Mingus Loratadino No.1 03:34
Eu morava perto do quartel 04:14
Assistindo "A Vaca e o Frango" com a Salete 03:24
Onde é que foi parar o Pedro Alcides? 03:43
Mingus Loratadino No.2 01:39
A Flor do meu bairro se mandou 02:46
Ascensão e Queda do Pub 540 05:33

Antonio Carlos Nicolau, 45, tem formação em TI, mas é produtor cultural.

0 comentários:

 
RECEBA NOSSAS ATUALIZAÇÕES POR EMAIL!

Inscreva seu email para receber nossas atualizações. Garantimos bom conteúdo e nenhum spam!

QUERO FAZER PARTE DO TIME!
Você escreve e quer publicar aqui suas resenhas sobre música? Faça parte do nosso time de colaboradores! Clique aqui para entrar em contato.
ENCONTROU ALGUM LINK QUEBRADO?
Clique aqui para nos informar sobre links quebrados ou qualquer erro ocorrido. Agradecemos e tentaremos corrigí-los o quanto antes.

FACEBOOK

Fique sempre atualizado

Queremos te manter informado! Inscreva aqui seu email e passe a receber automaticamente as nossas atualizações e novidades em sua caixa de entrada!