TROCANDO IDEIA: ESTADOS SONIDOS

por N8 Prods postado


Estados Sonidos é um selo virtual de um “produtor musical paulistano, que brinca com samples que vão de João Bosco a Thaíde & DJ Hum, passando por Rage Against The Machine e trechos extraídos de filmes”, li em um site. “MCR”, são as iniciais desse produtor não quer se identificar como autor desses projetos tão singulares que não saem das minhas playlists faz um tempo. Bati um papo com ele por WhatsApp e a seguir vai um recorte dessa troca.

Por que um selo virtual? Qual é a pegada?
“Como eu faço coisas com sonoridades e propostas um pouco diferentes, a ideia é ter projetos com nomes diferentes, feitos pela mesma pessoa, mas todos sob o mesmo guarda-chuva, com a mesma chancela. É como um selo mesmo, que administra vários artistas, várias bandas, mas no caso aqui todas as bandas sou eu”, diz.

Vc vem produzindo já faz uma cota, né?
“Essa coletânea surgiu depois que eu resolvi levar a coisa mais a sério. A maioria dos sons dessa coletânea eu ia fazendo nas horas livres dos trampos que fui passando por esse período. Era mais uma terapia, pra relaxar. Tive aquele envolvimento musical na adolescência, tive vários projetos, mas depois do fim de um que tive no começo dos 2000, desencanei da música. Mas ao mesmo tempo ficava agoniado por não poder dar vazão às minhas ideias. Aí como trabalhava na frente do computador, cortando imagens, colocava umas músicas na timeline e recortava, sobrepunha, misturava, viajava fazendo isso... Aí mostrei pra algumas pessoas, a galera curtia, então achei que dava pra fazer mais.”.

Você é autodidata, tá com 39 anos e é editor de vídeos, ouvi na rede uma coletânea de 2001-2013, um lançamento do Obama Lee Baden em 2015, outro agora em 2017. Tem mais algo do zeromaistrês também de 2017? Tem mais alguma coisa vindo por aí?
Por enquanto são só dois projetos : zeromaistrês e Obama Lee Baden, mas já tem um terceiro em fase de produção, que tem uma pegada mais eletrônica. O Obama Lee Baden já é um projeto mais sério, tem samples também, mas é mais elaborado, demoro pra fazer. Mas só resolvi seguir adiante depois do RAP do Ben, quando mandei pra alguns blogs e sites e a recepção foi ótima, vários elogios. Não era um amigo falando bem do trampo, era alguém que não nunca tinha me visto nem ouvido, essa foi a pedra fundamental pra eu voltar a fazer música.

Velho, as postagens no blog levam a foto do artista e a foto do disco. Não sei se como produtor você usa alguma a.k.a ou se fica na miúda. Tb posso colocar alguma coisa relativa ao selo, tipo a logo do Estados Sonidos. Como vai ser? Vê aí se tem alguma coisa legal pra por lá.
Geralmente fico na miúda, mas vou pensar aqui! (No final só mandou a ID do selo mesmo.)


Os trampos lançados pelo selo virtual Estados Sonidos são quase como diamantes que precisam de tempo e pressão para serem, mas esqueça isso e só admire a beleza. Em sua produção uma música pode ter seu primeiro recorte em 2011 e só ficar pronta em 2017. Outra pode ser feita numa noite só e ser tão boa quanto. Todos os projetos estão rapidamente descritos, pelo produtor, a seguir, mas o que me pegou é o último e mais recente do Obama Lee Baden, por isso vai com playlist, ficha técnica e links, falou!? Os outros vão também, mas em outra postagem.

2001/2013 - 'Collector Golden Edition'
Coletânea de músicas feitas entre o período 2001/2013. Este projeto trabalha a partir de pedaços de diversas músicas que se juntam pra construir algo novo. A intenção é provocar a criatividade, tanto de quem faz quanto de quem ouve. Reciclagem de materiais preciosos.

2013 - 'Rap do Ben'
Uma compilação com cinco versões de Jorge Ben misturadas a clássicos do Rap nacional.

2015 - 'Obama Lee Baden – Afro Sam Bass'
Obama Lee Baden é apenas um dos pseudônimos do experimentador musical Mario Cezar Rabello. Com o selo que criou, o Estados Sonidos, ele pretende produzir coisas variadas, do bolero até o rock, e para não confundir os ouvintes ou ficar estigmatizado, inventou um nome para cada empreitada. Kaiser Marius, por exemplo, é a alcunha que usa para discotecar.

2017.Fev - 'Zeromaistrês - Adventures In Sambareggadelik'
É uma mistura de samba-reggae brasileiro com uns vocais a capela, a partir de rap dos 90´s. Fugees, Das EFX, Busta Rhymes, Wu-Tang Clan, Beastie Boys and Erykah Badu. "Samba-reggae é um gênero musical nascido no estado da Bahia, criado pelo mestre Neguinho do Samba. Como o próprio nome sugere, é um samba brasileiro em fusão com o reggae jamaicano ... O samba-reggae nasceu a partir da difusão de samba duro (uma variante do samba de roda) com reggae e funk com dois tambores, um pandeiro, um atabaque, uma guitarra eletrônica ou viola Em vez do cavaquinho, com fortes influências de merengue, salsa e candomblé. ", diz a Wikipedia.

2017.Fev - 'Obama Lee Baden'
Este é o segundo álbum de Obama Lee Baden. Os recortes musicais aqui usados não tem a intenção de ferir ou usurpar a obra e os direitos autorais dos artistas. Foi produzido por Obama Lee Baden nos Estados Sonidos, entre 2011 e 2016. Mixado e masterizado por Wagner Bagão no estúdio AudioFya.


Dê o play, macaco!
Download | Soundcloud | YouTube

TIMBUKTU. fala extraída do longa-metragem timbuktu (2014), de Abderrahmane Sissako 3:41

SÃO PAULO. voz: baobá nagô flugelhorn: luizinho nascimento empréstimo: the killer meters - cramp your style 3:51

BAGHDAD BAGKOK. empréstimo: mahmoud ahmed - Almaz Men Eda Nèw/Kulun Mankwalèsh khwanchit siprachan - kamesumitchachan, sin kho 3, pt. 1/musawat, sin kho 4, pt. 1 4:49

DEVAGUEIOS E DIVANAÇÕES. empréstimo: connie price & the keystones - the badger joão bosco - tempos do onça e da fera/conto de fada/nada a desculpar/angra/patrulhando(mara)/ jandira da gandaia/latin lover/natureza viva/transversal do tempo interlúdio: extraído do longa-metragem estamos juntos (2011), de toni venturi 4:52

NUVEM. empréstimo: Sarolta Zalatnay - Ne Hidd El alice coltrane - transcendence João nogueira - minha missão participação especial: baobá nagô 5:49

BOM BRIO. trompete/flugelhorn: luizinho nascimento interlúdio: ismael silva no programa brasil especial (1977) 2:56

ROO RAH. empréstimo: thaíde & dj hum - viagem na rima laurindo almeida & bud shank - hazardous roberto silva - pisei num despacho 2:45

UOR IASAUM. empréstimo: cleveland eaton - hamburg 302 paulo césar pinheiro - quadrão eduardo gudin - a velhice da porta-bandeira rage against the machine - mic check 2:59

Antonio Carlos Nicolau, 45, tem formação em TI, mas é produtor cultural.

1 comentários:

  1. Muito foda esse som. O link pra download parece ta com algum problema, corrige aí na moral! Adorei o álbum.

    ResponderExcluir

 
RECEBA NOSSAS ATUALIZAÇÕES POR EMAIL!

Inscreva seu email para receber nossas atualizações. Garantimos bom conteúdo e nenhum spam!

QUERO FAZER PARTE DO TIME!
Você escreve e quer publicar aqui suas resenhas sobre música? Faça parte do nosso time de colaboradores! Clique aqui para entrar em contato.
ENCONTROU ALGUM LINK QUEBRADO?
Clique aqui para nos informar sobre links quebrados ou qualquer erro ocorrido. Agradecemos e tentaremos corrigí-los o quanto antes.

FACEBOOK

Fique sempre atualizado

Queremos te manter informado! Inscreva aqui seu email e passe a receber automaticamente as nossas atualizações e novidades em sua caixa de entrada!