V.A.: LIVING IN THE STREETS - VOL.1+2+3

por pitera postado

Dean Rudland pode não ser um dos nomes mais conhecidos entre os entusiastas do Soul, Jazz e Funk, no entanto, antes de tropeçar no pré-julgamento, saiba que Rudland é um dos mais notáveis DJs conhecidos por compilar obras significativas dos citados gêneros. Com conhecimento de causa, pois excursionou à exaustão enquanto jovem por lojas de discos e sebos, além de ter frequentado desde cedo a cena de acid-jazz, em voga nos anos 90. A combustão à fagulha inicial da paixão de Rudland por música, não foi apagada nunca mais. Trabalhou posteriormente com algumas das mais altas representações do acid-jazz/soul daquela época como Jamiroquai e o Brand New Heavies e conseguiu de lambuja um invejável cargo de compilador na renomada gravadora de jazz, Blue Note, onde lançou uma notável compilação chamada Blue Break Beats, que lhe abriu outras portas. Revisitemos então mais uma compilação diferenciada que traz o groove dos 70's ao palco da Oficina. Ao selecionarmos o melhor no assunto, optamos por disponibilizar uma obra de um verdadeiro mestre. E assim cai nas mãos do leitor/ouvinte a coletânea "Living In The Streets", uma trilogia lançada pela BGP Records que compila um vasto número de obras da tríade musical de raízes afro-americanas que mais bombavam nos guetos norte-americanos dos anos 70: Soul, Jazz e Funk.

A promessa do Volume 1, "Wah Wah Jazz, Funky Soul, And Other Dirty Grooves", é verídica. Mesmo que as primeiras faixas não brilhem tanto - o cover de "Use Me" de Isaac Hayes não chega aos pés da versão original de Bill Withers - neste disco, o ouvinte encontra o mais explosivo e representativo dos três discos. O volume um é uma compilação de fôlego, Dean Rudland parece por mais e mais labaredas musicais na pista no desenrolar do disco. Embora várias faixas tenham seu valor, ficamos com três destaques. "You" de Spanky Wilson, é impecável, tem groove, tem potência, e qual letra pode ser mais flamejante do que aquela que fala das labaredas da paixão? Rudeland ainda escolhe com maestria "I Don't Know What It Is But It Sure Is Funky" do Ripple e nos mostra do que é feito uma verdadeira rocha do funk: riffs pesados, arranjos de metais marcantes e vocalizações simples, porém eficazes em sua missão de trazer irreverência e balanço. "Marriage Is A State Of Vibes" de Dave Hamilton é outro pico do disco, trazendo um funk jazz, onde a guitarra e o vibrafone se tornam elementos principais, evocando um som mais smooth, perfeito para trilhas sonoras de Blaxpoitation.



Dê o play, macaco!
Download | Discogs | Facebook

1. Isaac Hayes - Use Me (5:51)
2. Tammi Lynn - Light My Fire (4:02)
3. Caesar Frazier - Mighty Mouse (5:22)
4. Spanky Wilson - You (2:16)
5. Pazant Brothers - Loose And Juicy (5:16)
6. Houston Person - Sweet Buns And Barbeque (3:06)
7. Jacqueline Jones - One Monkey Can't Stop The Show (3:31)
8. Cal Tjader - Gimme Shelter (2:54)
9. Ripple - I Don't Know What It Is But It Sure Is Funky (3:27)
10. Idris Muhammad - Brother You Know You're Doing Wrong (5:41)
11. Dave Hamilton - Marriage Is A State Of Vibes (3:37)
12. The Fatback Band - Mister Bass Man (3:20)
13. Preston Love - Chili Mac (3:39)
14. Preston Epps - Afro-Mania (2:49)
15. Sonny Constanzo Big Band - New Beginning (4:55)

###

O Volume 2, "More Wah Wah Jazz, Funky Soul And Other Dirty Grooves", promete mais do que cumpre. Diz que é uma continuação pelo caldeirão de raridades do disco um - e é assim que esperamos que seja quando começamos a ouvir Katie Love cantando "Don't Let It Go to Your Head", que faz lembrar Jacksons 5 - no entanto no decorrer do disco, vem a tona um funk mais voltado para o Disco, onde a improvisação tem mais valor do que os elementos presentes no disco anterior. A maioria dos artistas presentes são desconhecidos para os mais leigos, e talvez continuem sendo, pois é preciso paciência para ouvir aquelas músicas em que o único sentido é o improviso. Sobra cafonice, aqueles vocaizinhos que tentam ser sensuais, harpas e gaitas em abundância, aqueles timbres percussivos bregas que só o finalzinho dos 70's e os 80's pode nos oferecer. Em alguns casos, a mesma linha melódica ecoa durante uns 7 minutos na sua cabeça.



Dê o play, macaco!
Download | Discogs | Facebook

1. Katie Love And The Four Shades Of Black - Don't Let It Go To Your Head (2:06)
2. Brenda George - I Can't Stand It (2:43)
3. Letta Mbulu - Afro Texas (3:33)
4. Joe Houston - Kicking Back Pts 1 & 2 (7:30)
5. Joe Bataan - Theme From The Men (7:19)
6. King Errisson - Sleep Talk (3:08)
7. The Mighty Tom Cats - Love Potion-Cheeba-Cheeba (4:28)
8. Macho - Mucho Macho (3:53)
9. Irene Reid - I Must Be Doing Something Right (2:37)
10. Byrdie Green - Return Of The Prodigal Son (3:19)
11. Sharon Cash - Fever (2:40)
12. Spanky Wilson - Kissing My Love (4:16)
13. Esther Marrow - And When I Die (5:01)
14. Walter Hawkins & Selah - Where Will You Run (3:30)
15. Jambo - Harrambee (3:14)
16. Preston Epps - Africa (6:20)

###

O terceiro e último volume da série, "Busting Out Of The Ghetto", retoma o primeiro volume, traz elementos do Soul/Funk raiz, e músicas de seus representantes, como Fatback Band e Spanky Wilson além de mostrar músicas mais recentes, abertas à outros elementos melódicos, inspiradas no Rock e até no Rap como acontece com "Vicious Rap", de Tanya Wynley. O resultado é uma coletânea mais fusion que raiz, mas como a capa nos avisa, é o gueto saindo do seu lugar-comum, se hibridizando. Vale o play.



Dê o play, macaco!
Download | Discogs | Facebook

1. Carlos Malcolm - Bustin' Outta The Ghetto (3:16)
2. The Generation - I'm A Good Woman (4:24)
3. Billy Hawks - (Oh Baby) I Do Believe I'm Losing You (3:05)
4. The Mighty Tom Cats - Dance Girl (3:46)
5. Fatback - You Gotta Believe (3:15)
6. The Mighty Tom Cats - Soul Makossa (4:27)
7. Tanya Winley - Vicious Rap (7:14)
8. Bobby Rush - Mary Jane (2:27)
9. King Hannibal - The Truth Shall Make You Free (3:19)
10. Johnny King And The Fatback Band - Peace, Love Not War (2:40)
11. Winfield Parker - Starvin' (3:56)
12. Spanky Wilson - He Called Me Baby (4:36)
13. East LA Car Pool - Seeds Of Life (3:51)
14. Jade - Viva! (Viva Tirado) (3:05)
15. Gary Bartz - I've Known Rivers (8:37)
16. Lorez Alexandria - I'm Wishin' (3:01)
17. Pat Bowie With Charles McPherson - Feeling Good (4:13)

 
RECEBA NOSSAS ATUALIZAÇÕES POR EMAIL!

Inscreva seu email para receber nossas atualizações. Garantimos bom conteúdo e nenhum spam!

QUERO FAZER PARTE DO TIME!
Você escreve e quer publicar aqui suas resenhas sobre música? Faça parte do nosso time de colaboradores! Clique aqui para entrar em contato.
ENCONTROU ALGUM LINK QUEBRADO?
Clique aqui para nos informar sobre links quebrados ou qualquer erro ocorrido. Agradecemos e tentaremos corrigí-los o quanto antes.

FACEBOOK

Fique sempre atualizado

Queremos te manter informado! Inscreva aqui seu email e passe a receber automaticamente as nossas atualizações e novidades em sua caixa de entrada!