PETER KING: SHANGO

por pitera postado

É inevitável afirmar que o grande legado cultural do continente Africano é a música. A música Africana proporcionou para o samba, para o jazz, para o blues, e para o funk, as raízes de seus próprios princípios, mas quando trata-se de revisitá-la, vemos que temos pano para as mangas. Felizmente, os meios de comunicação estão mais abertos para a divulgação dos albums, e selos especializados em música africana, como é o caso da Analog Africa, vêm surgindo e trazendo à tona grandes preciosidades de Benin, Ghana, Togo, Burkina Faso e muito mais. Geralmente quem começa a se interessar por música africana conhece seu mais conhecido profeta: Fela "Anikulapo" Kuti. Irreverente, inventivo e polêmico, Fela Kuti abriu caminho para a música africana no mainstream, mas assim como o continente, o panorama musical é muito vasto. Convido vocês à embarcar nesta viagem através das sonoridades africanas, conhecendo mais uma peça indispensável desse legado, o multi-instrumentista Peter King.

Considerado um dos maiores multi-instrumentistas do continente, Peter King toca com devoção especial todos os instrumentos de sopro. Fato importante para a construção de seus caminhos, é a dinâmica interação da produção musical Americana e Africana. Se a princípio, os africanos deram as bases para o surgimento do Blues no século dezenove, já na segunda metade do vinte acontece o inverso, é o jazz quem influencia os rítmos africanos, como o Highlife, um gênero que se origina em Ghana, ditado por cornetas e instrumentos de corda (clique no link para ouvir). Peter King define como "AfroJazz", sua filosofia criativa, ou seja, misturar o Jazz como tocado na América, com as bases do Highlife. Para tanto, King inspira-se em três saxofonistas americanos: John Coltrane, Sonny Rollins e Genne Amons.

Shango é um disco de 1974, muito aclamado pela crítica e que foi bastante referenciado como familiar ao funk americano. Com razão, os grooves são bastante semelhantes, a música se estrutura na base percussiva, nos arranjos de cornetas que em muito se parecem com os JB's de James Brown, no entanto, está ali presente a herança africana, a tradição, que o diferencia - as incessantes linhas de guitarra elétrica direcionam as improvisações, propondo essa nova roupagem do Highlife. Além disso, as improvisações de King são de tirar o fôlego. Já esgotou seus ouvidos com os grooves americanos? Que tal dar uma checadinha nessa história e conhecer alguns personagens diferentes?



Dê o play, macaco!
"[1974] Shango"

1. Peter King - Shango (5:40)
2. Peter King - Prisoner Of Law (5:41)
3. Peter King - Mr Lonely Wolf (6:55)
4. Peter King - Freedom Dance (4:14)
5. Peter King - Go Go's Feast (7:46)
6. Peter King - Mystery Tour (6:17)
7. Peter King - Now I'm A Man (3:37)
8. Peter King - Watusi (4:46)

 
RECEBA NOSSAS ATUALIZAÇÕES POR EMAIL!

Inscreva seu email para receber nossas atualizações. Garantimos bom conteúdo e nenhum spam!

QUERO FAZER PARTE DO TIME!
Você escreve e quer publicar aqui suas resenhas sobre música? Faça parte do nosso time de colaboradores! Clique aqui para entrar em contato.
ENCONTROU ALGUM LINK QUEBRADO?
Clique aqui para nos informar sobre links quebrados ou qualquer erro ocorrido. Agradecemos e tentaremos corrigí-los o quanto antes.

FACEBOOK

Fique sempre atualizado

Queremos te manter informado! Inscreva aqui seu email e passe a receber automaticamente as nossas atualizações e novidades em sua caixa de entrada!