THE IMPALERS

por Johnny Wazagoo em

Pô, mais um meteorito vindo da California! Pode até parecer perseguição minha, mas garanto que é o tal do "acaso". Desse jeito vou ter que mudar pra lá o quanto antes. Eu, aqui postando num sábado anoite, penso: "Será que tem um reggae uma hora dessa na Califórnina?" (Veja a resposta aqui no: "California Reggae Calendar"). Pra se ter uma idéia, entre os já postados aqui temos: Groundation, The Lions, Yeska, The Aggrolites e Tim Armstrong - todas diretamente da califa. Agora vos apresentamos o irmão caçula desta ninhada: The Impalers! Desbocado e sagaz desde o nome, trata-se de mais uma banda voltada para o, sempre inusitado, "dirty reggae". Que seria, a largo modo, um "prato quente de ska com pimenta funky"!

Este é o primeiro disco dos Impalers, intitulado "Blood, Rum & Reggae". Variam sem pedir licença por diversos ritmos e diversos ares. Do saudosista ao vanguardista, do vintage ao hype, do estiloso ao imparcial. Influências gratas da musica jamaicana sessentista e setentista são denunciadas - Rocksteady, Skinhead e Early Reggae, Dub, Soul e R'n'B são lembrados a finco. O disco saiu, em 2008, pela Axe Records - mesma que lançou os Aggrolites ao mundo. The Aggrolites e The Impalers podem ser classificados com a mesma etiqueta. Mantém uma pegada semelhante, vislumbram e afirmam o reggae funkeado. Encaram o mística do reggae com um subliminar grito de protesto, uma subjetiva rebeldia.

A sonoridade da banda é relevante, principalmente, pelo vocal exuberante e original de Cindy Chi e pelos solos inspirados do tecladista Lars Nylander. Já no time dos "metais preciosos" estão Jason Boyte e Timmy Bailey. Segurando o groove na cozinha estão o baixista David Wiens, Brent Wilson com as guitas e Randy Odell na bateria. Um disco que é "pau pra toda obra" (ou "água pra todo bong"), não vejo tempo inadequado pra curtir essa pedrada moderna. Animado, profundo, vibrante, performático, misterioso e muito bem-resolvido! Aprecie sem receio a riqueza de mais uma rocha de solos californianos...

"O coração do Impalers reside nas tradições profundas da música jamaicana." ~The Impalers' myspace


Dê o play, macaco!
"[2008] Blood, Rum & Reggae"

1. The Impalers - Mission Strut (3:50)
2. The Impalers - On The End Of A Rope (3:32)
3. The Impalers - Uppercut (2:53)
4. The Impalers - Holding On To You (3:50)
5. The Impalers - Metro Azul (3:49)
6. The Impalers - Pocket Money (3:09)
7. The Impalers - I Vampiri (4:37)
8. The Impalers - Lucinda (4:02)
9. The Impalers - Replacement Boy (4:18)
10. The Impalers - Nachmittag (3:33)
11. The Impalers - Judge & Jury (3:56)
12. The Impalers - The K Line (2:52)


3 comentários:

  1. Que bela surpresa encontrar uma resenha brasileira sobre os Impalers. Grande banda. Sou baixista de Porto Alegre. Já participei de várias bandas daqui mas sou mais conhecido pela Ultramen, da qual fiz parte desde a fundação em 1991 até a dissolução em 2008. Tive o prazer de tocar com os Impalers durante alguns meses quando morei em San Francisco em 2009. O ponto alto da minha passagem foi um show no Filmore West, abrindo pro Voodoo Glow Skulls e Mighty Mighty Bosstones.

    ResponderExcluir
  2. Depois dessa referência, não tem como não baixar!

    ResponderExcluir
  3. Muito bom, eu não conhecia mas já estou fissurado no som!

    ResponderExcluir

 
RECEBA NOSSAS ATUALIZAÇÕES POR EMAIL!

Inscreva seu email para receber nossas atualizações. Garantimos bom conteúdo e nenhum spam!

QUERO FAZER PARTE DO TIME!
Você escreve e quer publicar aqui suas resenhas sobre música? Faça parte do nosso time de colaboradores! Clique aqui para entrar em contato.
ENCONTROU ALGUM LINK QUEBRADO?
Clique aqui para nos informar sobre links quebrados ou qualquer erro ocorrido. Agradecemos e tentaremos corrigí-los o quanto antes.

FACEBOOK

Fique sempre atualizado

Queremos te manter informado! Inscreva aqui seu email e passe a receber automaticamente as nossas atualizações e novidades em sua caixa de entrada!