JAZZ JAMAICA ALL-STARS: DISCOGRAFIA

por Johnny Wazagoo postado

Como pode ser tampouco conhecida uma banda como esta, desta dimensão? Pra ser sincero, vejo em muitos blogs, revistas e mídias em geral a explosão do desmerecido. Vejo projetos chulos de Ragga, Dancehall ou Roots Reggae (pra não citar outros gêneros) que não se dão o respeito, muito menos visam a sugestão de um rumo melhor ou expansão consciente do universo musical. Ganham espaço no mais diversos lugares os que querem viver da música transformando-se em prostitutos sem causa. Apenas abusam da música sem pensar duas vezes: "Se for vender, eu aceito, eu faço!". Ainda bem que temos que nos basear pelo o que há de bom surgindo. Felizmente sinto a preocupação com os verdadeiros amantes da boa música. Estão sempre se mexendo, se esforçando, se organizando, propondo e não deixando a peteca cair. Só assim pra almejarmos uma mudança de foco nas discussões sobre tudo que envolve a música. Nós estamos numa fase de transição da indústria fonográfica, distribuidoras, por exemplo, crescem mais que gravadoras. Que assim seja. Hoje a internet está obrigando uma liberdade de conteúdo, tentando finalmente conquistar novos horizontes através da distribuição gratuita, inteligente, direcionada. Não precisamos mais tirar R$25 (5% do salário mínimo) do bolso para ouvirmos "legalmente" um bom disco. Não devemos esquecer que qualquer incentivo financeiro é bem-vindo e fundamental para as bandas. Mas o fato é que estas bandas ganham mesmo são com seus shows, não pense que ao baixar um álbum na rede você estará prejudicando a banda. As músicas estão sendo divulgadas, a mensagem está sendo semeada. A ideia é essa. E como acontece quase sempre, quem gosta do som vai atrás, busca mais, vai aos shows, compra o CD e principalmente difunde o trabalho da banda para seu grupo, seu meio, que, na verdade, é o público alvo da banda (se não é, deveria ser). Que o santo de pau-oco da indústria popficada não faça mais milagres! Deixemos de lado este apelo.... Respiremos fundo e vamos ao que interessa: Música!

O

nome já diz muito: Jazz Jamaica All-Stars! Se honrassem o nome já bastaria, mas posso dizer que sustentam com maliciosa robustez tal título. Foi fundada em 1991, em Londres. Gary Crosby, baixista e mentor da banda, selecionou a dedo as maiores estrelas do seu meio, são principalmente estes: Rico Rodriguez, Michael "Bami" Rose e Eddie Thornton formando o corpo de metais; Alan Weekes com as guitas; Clinfton Morrison nas teclas; Kenrick Rowe e Tony Uter comandando a seção rítmica. Mas, com o tempo, outras inúmeras estrelas foram entrando para o coletivo. Todos os álbuns contam com participações especiais. Assim como em um espetáculo, a supernova formada pela fusão destas estrelas é impressionante e grandiosa.

O jamaicano Gary Crosby é quem segura as rédeas, do estúdio aos palcos, ele dita o ritmo. Fazer uma releitura minuciosa de clássicos do jazz com roupagem jamaicana é o intento dessa constelação de músicos. Uma farta homenagem ao legado fértil deixado pelo movimento jazz como um todo. A ideia não é inédita, nem inesperada, mas a elegância delegada aqui é sobejamente inigualável. Com um feeling ácido, sobressaem sem esforços quando equiparados outros projetos deste quinhão: Reggae/Ska + Jazz. Respeitando as devidas proporções, estão um nível acima de boas bandas modernas como: Rotterdam Ska-Jazz Fundation, St. Petersburg Ska-Jazz Review, Yeska, dentre outras. Em 2002, foram os vencedores da Rádio BBC Jazz Award para a categoria de melhor banda. Em 2004, Hugh Masekela pôde contar com a luz desta constelação.

Os All-Stars é uma big-band sem precedentes, retratam como ninguém o universo criado pelos anciãos do jazz. São lembrados: Herbie Hancock, John Coltrane, Duke Pearson, Wayne Shorter, Duke Ellington, Charlie Parker, Miles Davis (...). Sempre com um olhar descontraído, mesclando ao jazz a musicalidade latina, caribenha. Trazem também "músicas folclóricas" da Jamaica dos anos 40 e 50. Enfim esta é a peça que faltava no quebra cabeça dos fanáticos do reggae, do jazz, ou da boa música, que seja! Enriqueça seus tímpanos com este artefato musical de valor sem igual!

"Então, o que esta geração de músicos quer? A primeira resposta é a identidade britânica com a cultura afro-caribenha. O segundo é um movimento. Eles se uniram em torno de várias idéias norteadoras: o gingado latino, o feeling do blues, a relação histórica entre o reggae e o jazz, e um compromisso de melhorar os estereótipos da cultura afro-caribenha e inglesa em geral. A terceira resposta é resumida em um termo que se tornou bastante difundida entre os músicos, bem como a imprensa inglesa: é o autêntico 'Black British Jazz'." ~Ben Ratliff pelo New York Times


"Quase sempre passeiam pela música instrumental, no seu primeiro disco não é diferente. Passagens pelo mento, ska, nyahbinghi se fazem arrebatadoras. As melhores são 'Don Cosmic', 'Skaravan' que também saiu em diversas coletâneas e 'Africa'."

Dê o play, macaco!
"[1993] Skaravan"

1. Jazz Jamaica All-Stars - Barbados (3:59)
2. Jazz Jamaica All-Stars - Don Cosmic (3:51)
3. Jazz Jamaica All-Stars - Skaravan (4:29)
4. Jazz Jamaica All-Stars - Ramblin' (4:03)
5. Jazz Jamaica All-Stars - Nubia (4:23)
6. Jazz Jamaica All-Stars - Bridge View (3:53)
7. Jazz Jamaica All-Stars - You're So Delightful (4:19)
8. Jazz Jamaica All-Stars - Peanut Vendor (4:25)
9. Jazz Jamaica All-Stars - Green Island (2:59)
10. Jazz Jamaica All-Stars - Africa (5:22)

###


"Este, junto com o Volume 2, é pra mim o melhor disco dos All-Stars. Clássicos jazzy tornaram-se uma rajada de meteoritos: 'Cantaloop Island', 'Watermelon Man', 'Take Five' e 'Christo Redentor', são algumas. Viradas e timbres sensacionais vão te arrancar os mais largos sorrisos, ou o mais discreto bater dos pés. Sem palavras!"

Dê o play, macaco!
"[1994] Blue Note Blue Beat - Vol.1"

1. Jazz Jamaica All-Stars - Three Blind Mice (4:23)
2. Jazz Jamaica All-Stars - Cantaloope Island (4:28)
3. Jazz Jamaica All-Stars - You'd Be So Nice To Come Home To (3:26)
4. Jazz Jamaica All-Stars - Recado Bossa Nova (4:26)
5. Jazz Jamaica All-Stars - Witch Hunt (4:28)
6. Jazz Jamaica All-Stars - Little Melonae (3:38)
7. Jazz Jamaica All-Stars - Watermelon Man (4:52)
8. Jazz Jamaica All-Stars - Moanin' (4:51)
9. Jazz Jamaica All-Stars - Take Five (5:12)
10. Jazz Jamaica All-Stars - A Night In Tunisia (4:59)
11. Jazz Jamaica All-Stars - The Sidewinder (4:44)
12. Jazz Jamaica All-Stars - Song For My Father (4:39)
13. Jazz Jamaica All-Stars - Christo Redentor (4:38)

###


"Segunda etapa com temas que marcaram a Blue Note Records. Os destaques do álbum são: as reanimadas 'Mr. PC', de John Coltrane e 'It Don't Mean A Thing', de Duke Ellington. Marcada pelo triângulo, 'Birdland', de Joe Zawinul, é quase um 'baião jamaicano'. Outra que deve ser ouvida atentamente é '4 On 6', de Wes Montgomery."

Dê o play, macaco!
"[1995] Blue Note Blue Beat - Vol.2"

1. Jazz Jamaica All-Stars - Bemsha Swing (4:57)
2. Jazz Jamaica All-Stars - Mr Pc (5:29)
3. Jazz Jamaica All-Stars - Misty (3:54)
4. Jazz Jamaica All-Stars - So What (5:27)
5. Jazz Jamaica All-Stars - 4 On 6 (4:40)
6. Jazz Jamaica All-Stars - Well You Needn't (5:04)
7. Jazz Jamaica All-Stars - Five Spot After Dark (4:40)
8. Jazz Jamaica All-Stars - It Don't Mean A Thing (5:01)
9. Jazz Jamaica All-Stars - Birdland (5:32)
10. Jazz Jamaica All-Stars - Take The 'a' Train (4:29)
11. Jazz Jamaica All-Stars - Moonlight In Vermont (4:51)
12. Jazz Jamaica All-Stars - Eastern Standard Time (6:03)

###


"Como os demais discos, é cabuloso! As melhores são: 'Monkey Man', de Toots Hilbert And The Maytals e a fantástica 'Theme From Exodus', de Ernst Gold, que ganhou o mundo com os Skatalites. Outra que não podia ficar de fora dos destaques é 'I Heard It Through the Grapevine', escrita por Norman Whitfield, clássico da Motown reeditado incansáveis vezes - Smokey Robinson, Marvin Gaye, Creedance e até Marisa Monte regravaram a canção. Coisa fina!"

Dê o play, macaco!
"[1998] Double Barrel"

1. Jazz Jamaica All-Stars - Double Barrel (4:36)
2. Jazz Jamaica All-Stars - Confucious (4:58)
3. Jazz Jamaica All-Stars - Monkey Man (4:53)
4. Jazz Jamaica All-Stars - Theme From Exodus (4:09)
5. Jazz Jamaica All-Stars - Shank kai Chek (3:46)
6. Jazz Jamaica All-Stars - Butterfly (4:27)
7. Jazz Jamaica All-Stars - Marcus Junior (4:24)
8. Jazz Jamaica All-Stars - Dewey Square (4:17)
9. Jazz Jamaica All-Stars - Walk On By (4:24)
10. Jazz Jamaica All-Stars - Night Dreamer (3:43)
11. Jazz Jamaica All-Stars - I Heard It Through The Grapevine (4:48)

###


"Com faixas de gênios como Herbie Hancock, em 'Dolphin Dance' e Miles Davis, em 'Footsprints', além do medley 'Love Theme From The Godfather', mostram que a brincadeira aqui é de gente grande. 'Confucius' é outra que caiu no gosto geral sendo incluída em algumas coletâneas."

Dê o play, macaco!
"[2001] Massive"

1. Jazz Jamaica All-Stars - Ball Of Fire (7:51)
2. Jazz Jamaica All-Stars - My Boy Lollipop (5:04)
3. Jazz Jamaica All-Stars - Dolphin Dance (8:46)
4. Jazz Jamaica All-Stars - Again (4:41)
5. Jazz Jamaica All-Stars - Footprints (8:52)
6. Jazz Jamaica All-Stars - Confucius (8:13)
7. Jazz Jamaica All-Stars - Vitamin A (5:19)
8. Jazz Jamaica All-Stars - Walk On By (5:25)
9. Jazz Jamaica All-Stars - Liquidator (8:31)
10. Jazz Jamaica All-Stars - Capullito Del Aleli (5:10)
11. Jazz Jamaica All-Stars - Love Theme From The Godfather (6:42)

###


"Neste último disco trabalharam voltados basicamente ao soul, deixando o jazz em segundo plano. É também, o disco mais cantado dos All-Stars. Novas experimentações devem ser testadas. Músicas do catálogo da Motown ficaram em evidência. 'My Girl' dos Temptations, 'Easy' de Lionel Ritchie e 'War' de Edwin Starr foram reconstruídas e reapresentadas com fina maestria."

Dê o play, macaco!
"[2005] Motorcity Roots"

1. Jazz Jamaica All-Stars - I Want You Back (4:46)
2. Jazz Jamaica All-Stars - Dancing In The Street (5:15)
3. Jazz Jamaica All-Stars - Signed, Sealed Delivered (3:39)
4. Jazz Jamaica All-Stars - You Keep Me Hanging On (5:43)
5. Jazz Jamaica All-Stars - Easy (5:10)
6. Jazz Jamaica All-Stars - Just My Imagination (5:22)
7. Jazz Jamaica All-Stars - Tears Of A Clown (5:10)
8. Jazz Jamaica All-Stars - I Was Made To Love Her (4:45)
9. Jazz Jamaica All-Stars - What's Going On? (5:28)
10. Jazz Jamaica All-Stars - My Girl (3:31)
11. Jazz Jamaica All-Stars - My Guy (5:20)
12. Jazz Jamaica All-Stars - Ma Cherie Amour (5:14)
13. Jazz Jamaica All-Stars - I Heard It Through The Grapevine (5:30)
14. Jazz Jamaica All-Stars - This Old Heart Of Mine (3:50)
15. Jazz Jamaica All-Stars - War (5:27)

~integrantes:
Alan Weekes - guitarra
Clifton Morrison - teclado
Gary Crosby - baixo
Kenrick Rowe - bateria
Michael "Bami" Rose - sax
Rico Rodriguez - trombone
Eddie "Tan Tan" Thornton - trompete, flauta
Tony Uter - percussão

 
RECEBA NOSSAS ATUALIZAÇÕES POR EMAIL!

Inscreva seu email para receber nossas atualizações. Garantimos bom conteúdo e nenhum spam!

QUERO FAZER PARTE DO TIME!
Você escreve e quer publicar aqui suas resenhas sobre música? Faça parte do nosso time de colaboradores! Clique aqui para entrar em contato.
ENCONTROU ALGUM LINK QUEBRADO?
Clique aqui para nos informar sobre links quebrados ou qualquer erro ocorrido. Agradecemos e tentaremos corrigí-los o quanto antes.

FACEBOOK

Fique sempre atualizado

Queremos te manter informado! Inscreva aqui seu email e passe a receber automaticamente as nossas atualizações e novidades em sua caixa de entrada!