OHIO PLAYERS: SKIN TIGHT

por pitera em

1974 foi um ano interessante para a música R&B, Marvin Gaye e Stevie Wonder já representavam a voz da experiência e ajudavam a expandir as fronteiras com seus experimentos. Bandas como Parliament Funkadelic e Earth, Wind & Fire estavam apenas começando a sair do chão, enquanto os já sábios anciãos, Sly & The Family Stone e James Brown estavam vendo seus melhores dias se distanciarem. No meio de tudo isso veio uma banda que vinha jogado o jogo da música por mais de 15 anos. A banda, que não ostentava um reconhecimento muito grande, havia passado por diversas transformações em termos de designação e formação, até finalmente romperem esta barreira. Com vocês: Ohio Players!

O álbum "Pain" de 1971 foi o start. Os "Players" imediatamente ganharam notoriedade, tanto pela música quanto pelo encarte dos discos. As capas, que quase sempre contavam com apelo sexual, tornaram-se a identidade da banda (clique aqui para conferir um apanhado geral das artes). Álbuns como "Pleasure", "Ecstasy", "Climax" e "Orgasm" se encaixam nesta tradição. Com a mudança para o selo Mercury Records as capas mudaram um pouco, sendo que o apelo sexual característico foi um pouco atenuado. O primeiro álbum pelo novo selo é exatamente o que disponibilizaremos hoje: "Skin Tight", de 1974!

A música dos Players fundamenta-se principalmente no Funk, e agrega especialmente a harmonia do Gospel e do Jazz. Exala-se daí um distinto aroma da era setentista do Soul. Há sessões lentas pelo disco, mas esclarecerei rapidamente que estas distanciam-se da música suave e aveludada de Barry White e Isaac Hayes, sendo graves e sujas (contam com os mais recentes sintetizadores analógicos funky's da época, incluindo a abundância de MOOG, CLAVs e ARPS). Essa era a fórmula única dos Players, e que hoje já não é mais única. Mas a abundância de Skin Tight é de fato única, uma verdadeira jornada. Pode enquadrar-se tanto como música para dançar, quanto música para fluir-se em ambientes, ou ainda para sonhar (?!). É uma daquelas presenças necessárias em toda coleção verdadeira de funk e soul. E para finalizar uma recomendação aos baixistas: abram bem os ouvidos!



Dê o play, macaco!
Download | Discogs | Facebook

1. Skin Tight (7:54)
2. Streakin’ Cheek To Cheek (5:42)
3. It’s Your Night / Words Of Love (8:00)
4. Jive Turkey (7:09)
5. Heaven Must Be Like This (7:18)
6. Is Anybody Gonna Be Saved? (5:00)

~integrantes:
Leroy ‘Sugarfoot’ Bonner - guitarras, percussão, vocais e backing vocais;
Marshall Jones - baixo;
James ‘Diamond’ Williams - bateria, percussão, vocais e backing vocais;
Billy Beck - organ, piano elétrico, clavinete, sintetizadores e percussão;
Clarence Satchell - saxofones, flauta e percussão;
Marvin ‘Merv’ Pierce - trompete, flugelhorn e trombone;
Ralph ‘Pee Wee’ Middlebrooks - trompete e trombone;

 
RECEBA NOSSAS ATUALIZAÇÕES POR EMAIL!

Inscreva seu email para receber nossas atualizações. Garantimos bom conteúdo e nenhum spam!

QUERO FAZER PARTE DO TIME!
Você escreve e quer publicar aqui suas resenhas sobre música? Faça parte do nosso time de colaboradores! Clique aqui para entrar em contato.
ENCONTROU ALGUM LINK QUEBRADO?
Clique aqui para nos informar sobre links quebrados ou qualquer erro ocorrido. Agradecemos e tentaremos corrigí-los o quanto antes.

FACEBOOK

Fique sempre atualizado

Queremos te manter informado! Inscreva aqui seu email e passe a receber automaticamente as nossas atualizações e novidades em sua caixa de entrada!